Mais notícias

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Fé e foco na missão - Novas perspectivas para 2018


A nova coordenação de articulação nacional da Rede Um Grito pela Vida apresenta as prioridades para 2018.


Feliz 2018! Feliz Oportunidade!

Prezad@s Irmãs e Irmãos de caminhada na Rede um Grito pela Vida,

Mais um ano finda, mas finda cheio de realizações, conquistas e gratidão. Sim, podemos recolher muita vida neste ano de 2017, com os dez anos da Rede no enfrentamento ao tráfico de pessoas. E assim, com um coração cheio de gratidão olhamos também para tudo aquilo que não foi possível realizar, mas sabendo que 2018 abre uma nova possibilidade para continuar desenvolvendo o nosso trabalho de prevenção, informação e sensibilização contra o do tráfico de pessoas.

Desejamos que o ano que se aproxima, e abre suas portas para nos acolher no nosso dia a dia, seja vivido como oportunidade para nos fortalecer na nossa fé em Jesus Cristo, que veio para nos libertar da dor e do sofrimento; momento favorável para fortalecer nossa irmandade, experiência onde tod@s temos a mesma dignidade e direitos; espaço para nos envolver mais com a causa de Deus, com aqueles que ficaram à margem; chance de convidar, por meio do nosso compromisso, a mulheres e homens de boa vontade, que querem contribuir conosco na construção de um mundo melhor para tod@s.


 Ir. Valmi Bohn, Pe. Claudio Ambrósio e Ir. Belén Verísimo
Coordenação Nacional - Rede Um Grito pela Vida


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Feliz e Santo Natal!


Natal é uma data esperada e festejada no mundo cristão e não cristão.
Ela traz uma Boa Notícia e esperança de vida nova.

A Rede Um Grito pela Vida
deseja a todas e todos um NATAL repleto de amor e solidariedade, 
iluminado pela beleza escondida naquela
criança nascida em Belém; e que todos os seres humanos
sejam respeitados, e não vistos como objetos a 
serem comprados e vendidos.


Que o Natal seja motivo de Alegria e Vida para todos nós.
Feliz e Santo Natal!

 Ir. Belén Veríssimo, Ir. Valmi Bohn e Pe. Cláudio Ambrózio 
Coordenação da Rede Um Grito pela Vida



Rede em Conexão

No dia 18 de dezembro, Irmã Valmi Bohn, membro da nova coordenação de articulação nacional da Rede Um Grito pela Vida, encontrou-se com alguns membros do núcleo da Rede de Porto Alegre- RS. Este é um momento significativo em que a equipe nacional e os núcleos se aproximam, se conhecem e partilham perspectivas, caminhos e ideias para o enfrentamento ao tráfico de pessoas. 

Que possamos seguir conectando os fios dessa Rede que enfrenta o tráfico de pessoas e luta pela justiça social para todas e todos!

#redeumgritopelavida


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Estar na Rede, pra mim, significa um grande crescimento

Ir. Anajar Fernandes com Santa Bakhita,
padroeira e protetora de todas 
as pessoas traficadas.
Irmã Anajar Fernandes da Silva, da Sociedade das Filhas do Coração de Maria, fala sobre sua experiência na coordenação da Rede Um Grito pela Vida durante o biênio 2015-2017, e nos deixa uma mensagem de fé e perseverança nesta caminhada de sensibilização e enfrentamento ao tráfico de pessoas.  

"Sou da comunidade de Salvador, mas como missão estou na região do estado do Amazonas. Atuo na Rede “Um grito pela vida” desde 2012. 

É uma alegria muito grande, neste momento de celebração de 10 anos, fazer parte da coordenação. Estar na Rede, pra mim, significa um grande crescimento, principalmente como religiosa, e como negra, tendo em vista que um grande número de pessoas que são traficadas são mulheres negras; e a região nordeste também é contemplada pelo grande número de nordestinas que se colocam nessa disposição de buscar um novo padrão de vida e são enganadas pelos aliciadores.

A Rede me lançou para esta percepção delicada sobre o que está por traz de tantas propostas. Me colocou à disposição de sensibilizar mais as pessoas para essa ameaça que envolve muitos de nós. Nesta percepção, permear muitos campos nas missões que sou enviada para ajudar a tantas pessoas que não têm nem voz, nem vez, nem percepção daquilo que as envolve na proposta de uma nova maneira de vida. Estou nessa gestão há dois anos e termino a contribuição na coordenação nacional, mas  a minha missão continua. Eu quero dizer para a nova coordenação, aos novos membros, para que não tenhamos medo. 

Em rede nos tornamos fortes. A rede já cresceu muito nesses 10 anos, e como foi dito, em números, núcleos e parcerias. Isso tudo traduz a mensagem de que nós não podemos nos abater diante da dificuldade. Entrelaçamos os nossos fios e nos demos as mãos para crescermos mais e mais nessa Rede, que agora faz 10 anos, mas que com certeza chegará a muitos outros anos com a nossa ajuda, com nosso incentivo, nosso apoio."

(Depoimento de Ir. Anajar Fernandes - VIII Encontro Nacional da Rede Um Grito pela Vida - Brasília/2017)

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Celebrar a missão - 10 Anos da Rede Um Grito pela Vida

Enfrentamento e prevenção ao Tráfico de Pessoas e Exploração Sexual. Gritamos pela Vida, pelos direitos humanos! Religiosas e religiosos de todo o Brasil, unidos a leigas e leigos, desenvolvem estratégias de prevenção e enfrentamento ao tráfico de pessoas, buscando sensibilizar, informar, denunciar, propor e acompanhar as políticas públicas relacionadas.

Dias de reflexão, união e celebração

O VIII Encontro Nacional da Rede Um Grito pela Vida, realizado em outubro de 2017, trouxe novas perspectivas, desafios e possibilidades de comunhão entre os núcleos regionais para continuar a caminhada no trabalho com as comunidades, escolas e universidades, além do empenho para sensibilizar a própria igreja e o governo para a invisibilidade de um crime que mantém pessoas em condições indignas, expostas à violência e exploração.

Acesse nosso canal: https://youtu.be/tk7DcHFxc8c