Mais notícias

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Rio Branco acende uma luz contra o tráfico de pessoas



No dia 22 de fevereiro, o núcleo da Rede de Rio Branco/AC realizou a Vigília "Acenda uma luz contra o Tráfico de Pessoas". A vigília foi divulgada através da Rádio Ecoacre, no programa "Comece bem o seu dia"; por meio do facebook da Diocese; no grupo ecumênico de Rio Branco e foi realizada em praça pública. 

Estiveram presentes aproximadamente 50 pessoas que, de forma simples e significativa, participaram deste momento de oração e sensibilização. No final da vigília nos comprometemos a levar a vela e a oração final (que foi dada a cada participante) e entregar a outra pessoa, seja um amigo, familiar ou um grupo para que possam também acender uma luz como compromisso para refletir e orar contra o tráfico de pessoas. 



 

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

UNODC divulga oportunidade de consultoria em tráfico de pessoas na América Latina


UNODC abre vagas para consultoria que irá avaliar as necessidades de regiões que apresentam situações de tráfico de pessoas e tráfico ilícito de migrantes. No âmbito de um projeto global financiado pela União Europeia e executado pelo UNODC, em parceria com a OIM e UNICEF, serão realizadas consultorias (1 consultor/a) para avaliar Brasil e Colômbia, os dois países da América Latina que foram selecionados. 

-------------------------------

Job Opening
Posting Title:Regional Consultants (Gaps and Needs Assessments) - GLOZ67
Department/Office:UNITED NATIONS OFFICE ON DRUGS AND CRIME
Duty Station:VIENNA
Posting Period:10 February 2016 - 18 February 2016
Job Opening Number:55733
United Nations Core Values: Integrity, Professionalism, Respect for Diversity

Instruções - Clique aqui

Turismo “mais exposto” ao tráfico de pessoas para fins sexuais e laborais

Há actividades a passar de casas de alterne e de apartamentos para equipamentos hoteleiros NELSON GARRIDO
Com a maior atenção das polícias à exploração de pessoas para fins sexuais e o desmantelamento de redes de tráfico de pessoas em bares e discotecas, estas actividades criminosas tendem a passar do espaço público para o privado: das casas de alterne para apartamentos; e mais recentemente dos apartamentos para hotéis ou outro tipo de equipamento hoteleiro.

A privacidade é um valor pelo qual o cliente está disposto a pagar quando dá entrada num hotel. O perigo é quando o cliente é o traficante, dizem os investigadores do instituto de investigação português NSIS (Network of Strategic and International Studies), Cláudia Pedra e Miguel Santos Neves, autores do projecto Tráfico humano no sector do turismo: papel das empresas na prevenção e difusão de boas práticas, que será apresentado em Março, na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, e depois na conferência internacional da Organização Mundial de Turismo, em Berlim.

FONTE: https://www.publico.pt/sociedade/noticia/sector-do-turismo-mais-exposto-ao-trafico-de-pessoas-para-fins-sexuais-e-laborais-1722699

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

III Congresso das Novas Gerações da VRC celebrou o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas

No dia 8 de fevereiro, o III Congresso das Novas Gerações da VRC celebrou o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas. A vela foi acesa na tenda de oração, durante a celebração eucarística da Catedral Metropolitana de Brasília. 

A data foi salientada e intencionada na caminhada realizada em sintonia com a jornada mundial, na qual a memória dos mártires, de Santa Bakhita e das vítimas do tráfico de pessoas foram lembradas como forte momento de mística e convocação ao compromisso da VRC com esta causa.




quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Ousadia para combater o tráfico humano, pede Rede Talitha Kum

 Matéria via Cidade do Vaticano (RV)


Vítima de tráfico de seres humanos resgatada após ser obrigada a se prostituir nos EUA - AP

“Penso em especial em muitas mulheres e homens e tantas crianças! É preciso fazer todo os esforço possível para debelar este crime e esta intolerável vergonha”: palavras de Francisco no Angelus do último domingo para recordar o Dia de oração e reflexão contra o tráfico de pessoas, celebrado neste dia 8 de fevereiro.
Para o Papa, trata-se de uma oportunidade para ajudar os novos ‘escravos’ de hoje a romper as pesadas correntes da exploração e se apropriarem de sua dignidade e liberdade. A Rádio Vaticano contatou a Irmã italiana Gabriella Bottani, coordenadora da Rede Internacional da Vida Consagrada contra o Tráfico de Pessoas – Talitha Kum. Em entrevista ao Programa Brasileiro, Ir. Gabriella, que morou dez anos no Brasil, fala das áreas geográficas que mais preocupam a Rede:
“Acredito que as regiões que mais continuam preocupando pelo aumento do tráfico são as regiões da Ásia, do Pacífico, e vem aumentando também as denúncias no contexto africano. Claro que não podemos esquecer também a América Latina e todos os continentes, mas acredito que essas regiões são aquelas que são mais marcadas pelo tráfico e são os maiores países de origem, junto com o Leste europeu.”
Papa no México
Na entrevista, Ir. Gabriella fala ainda da escolha do Papa Francisco em visitar, no México, um diocese de fronteira com os Estados Unidos, em que há denúncias de tráfico humano entre os migrantes:
“A escolha do México é um escolha estratégica importante, é um dos pontos em que se encontram muitos migrantes que sofrem, sobretudo da América Latina, e que encontram uma barreira no México que cria situações que vão favorecendo a exploração e o tráfico de pessoas. Acredito que esta escolha do Papa é muito importante, esperamos que também a vida religiosa possa ser fortalecida. Nós temos em programa para setembro de 2016 nosso primeiro curso formativo para organizar a rede também no México.”
Iniciativa
Ir, Gabriella apresenta a iniciativa de Talitha Kum para celebrar o dia 8 de fevereiro: trata-se de uma construção coletiva de uma imagem no site da Rede. “Construirmos juntos esta imagem tem um sentido simbólico, para ajudar a entender que temos que nos reencontrar, começar a ousar algo diferente.”
Clique aqui para acessar a reportagem completa. 
(BF)

Vigília de Oração 2016 - Rede/Manaus

Jornada Internacional de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas 
"Sejamos misericordiosos/as como o Pai é misericordioso"




“ENQUANTO VOCÊ SORRI, MUITA GENTE ESTÁ CHORANDO” - Campanha de Prevenção ao Tráfico de Pessoas em tempos de carnaval

“ENQUANTO VOCÊ SORRI, MUITA GENTE ESTÁ CHORANDO”

Este é o lema da Campanha de Prevenção ao Tráfico de Pessoas em tempos de carnaval, iniciativa do Exército da Salvação, entidade religiosa parceira da Rede Um Grito pela Vida do Núcleo de São Paulo. O núcleo se somou a esta acão com a representação de Ir. Manuela Rodríguez Piñeres, que participou das atividades programadas. A Rede forneceu materiais de sensibilização e informação para distribuição durante a campanha. 



Na tarde do dia 08 de fevereiro, na Av. Paulista, realizaram duas horas de panfletagem e um teatro intitulado “Qual é o valor de seu silêncio?”. Ainda fluíram as conversas olho no olho com diferentes pessoas que desfrutavam da tranquilidade da avenida neste dia de domingo. Isso favoreceu o grupo de aproximadamente 15 pessoas, na sua maioria jovens, no alcance do objetivo de sensibilizar quanto à realidade do tráfico humano nas suas diferentes modalidades e alertar a população neste tempo de carnaval. Estavam presentes pessoas de diversos estados e contatos foram feitos para dar seguimento às ações.


No dia 09 de fevereiro, no Parque do Ibirapuera, também foi encenada a peça de teatro citada  acima e algumas das pessoas que estavam naquele dia ensolarado, em momento de lazer, foram abordadas e sensibilizadas quanto ao tema. 

É importante ressaltar nas duas ações em que a Rede esteve presente:

·  A receptividade das pessoas e o desejo de algumas de se aprofundar no conhecimento desta realidade;

·  Um trabalho em parceria com pessoas de igrejas cristãs diferentes, mas com uma linguagem comum: a do Amor a Deus e ao próximo;

·  Como o Reino de Deus acontece através do compromisso de cristãos e cristãs, neste tecer redes para construir essa teia que tem como alicerce o seguimento do Projeto de Jesus Libertador de nossas vidas e de inúmeros seres humanos que estão chorando por causa de redes criminosas que as oprimem, destroem seus sonhos e ceifam suas vidas em prol do lucro, do “deus capital”.


Para concluir, queremos compartilhar que esta foi a vela acessa no dia 08 de fevereiro, dia em que se faz memória à Santa Bakhita. Fomos levando esta luz de um novo olhar para esta realidade: um olhar de alerta, de compreensão, de misericórdia, de anúncio e de denúncia das injustiças a que são submetidos tantos seres humanos amordaçados por este sistema criminoso que é o Tráfico de pessoas.

Por Ir. Manuela Piñeres


Irmãs Servas da Sagrada Família na jornada de oração e reflexão contra o Tráfico de Pessoas

Irmãs Servas da Sagrada Família , da comunidade Nova Betânia, de Salvador/BA,  se reuniram para compartilhar um momento simbólico e atuante contra o Tráfico de pessoas, somando mais luzes à jornada de oração e reflexão contra esta alarmante realidade.
Da direita para esquerda: Irmãs Izabel, Eurídice, Catarina e Otaviana.
 



quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Fortalecendo os fios de nossas redes





Concluindo as atividades em Roma, a Rede Um Grito pela Vida participou de um encontro com o grupo de Formadores de Justiça e Paz, na Sede da UISG, abordando a realidade do tráfico de pessoas e compartilhando a missão nas redes de enfrentamento ao tráfico de pessoas.


Irmã Gabriella Bottani apresentou a dinâmica, missão e amplitude da REDE de TALITHA KUM; Ir. Maria Silvia e Ir. Eurides Alves apresentaram a experiência das redes locais KAWSAY e REDE UM GRITO PELA VIDA! Foi um momento rico de reflexão e fortalecimento dos fios de nossas redes!

.............................................................................................................


Rede fala sobre oração e reflexão contra o tráfico de pessoas na Rádio Rio Mar/Manaus


Ir. Rose Bertoldo e Francilma Grana

No dia 03 de de fevereiro, a Rede Um Grito Pela Vida (representada pela Ir. Rose) participou do Programa na Rádio Rio Mar, produzido e apresentado por Francilma Grana. O programa trouxe como tema o Dia internacional de oração e reflexão contra o tráfico de pessoas (8 de feveriro). A campanha "Acenda uma luz contra o tráfico de pessoas" foi convocada anteriormente pelo Papa Francisco em 2015 e novamente nos convida a abrir e atravessar a porta da misericórdia para romper as cadeias da injustiça e da desigualdade.

Ir. Rose falou de toda a proposta de oração e reflexão sobre a realidade do tráfico de pessoas, bem como informou a programação que será realizada no Amazonas e na Arquidiocese de Manaus. Também foi feito um momento orante pelas vítimas das diversas modalidades de tráfico humano.



Acenda uma luz contra o tráfico de pessoas

No dia 8 DE FEVEREIRO, na Igreja São Sebastião, centro de Manaus, será realizada uma prece nas sete celebrações, bem como na catedral metropolitana de Manaus e nas diversas comunidades onde cada membro da Rede Um Grito Pela Vida está inserida. Todos os Padres foram conclamados a celebrar nas comunidades e paróquias, numa intenção especial para este dia. Numa grande corrente, acendamos uma luz contra o tráfico de pessoas.


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

ACENDA UMA LUZ CONTRA O TRÁFICO DE PESSOAS!

Participe: www.a-light-against-human-trafficking.info

Adapte a vigília de oração para sua comunidade! Acesse: http://pt.slideshare.net/RedeUmGritoPelaVida/vigilia-de-orao-2016-acenda-uma-luz-contra-o-trfico-de-pessoas

Redes latino-americanas realizam momento de sensibilização no Congresso Conclusivo da VRC

Neste Domingo, 31 de janeiro, a Rede Um Grito pela Vida se juntou aos mais de 4 mil consagrados e consagradas reunidos no Congresso Conclusivo da VRC, contribuindo em oficinas sobre o tráfico de pessoas e no trabalho em rede com os irmãos e irmãs dos Institutos Seculares. 

Organizadas como grupo linguístico, Irmã Eurides Alves, Irmã Silvia e Irmã Carmela, das redes latino-mericanas, foram facilitadoras de um rico momento de sensibilização e ampliação da missão em rede.





Talitha KUM encerra o II Encontro Internacional de Coordenação com planejamento para o triênio 2016-2018

O II Encontro Internacional de Coordenação de Talitha KUM, realizado na academia de Ciências do Vaticano se encerra com o saldo de partilha de várias e significativas experiências de organizações parceiras na missão de enfrentamento ao tráfico de pessoas, dentre elas: OIM, Cáritas Internacional, Conselho de justiça e Paz. 

Na sessão final retomamos e concluímos em linhas gerais o planejamento estratégico de Talitha KUM para o triênio 2016-2018, firmando como prioridade seguir dando visibilidade ao trabalho das REDES locais, primando por:

  • Desenvolver um amplo processo e viabilização; 
  • Fortalecer o intercâmbio e a comunicação de forma interativa; 
  • Seguir posicionando-se profeticamente frente às situações que envolvem a realidade do tráfico de pessoas;
  • Investir e animar processos formativos que permitam uma visão ampla e uma práxis qualificada da missão e;
  • Seguir convocando as Congregações e toda a vida religiosa consagrada a assumir esta missão como espaço de encarnação do Evangelho e revelação da misericórdia e compaixão de Deus pelos que sofrem com a chaga do tráfico humano.