Mais notícias

quinta-feira, 21 de maio de 2015

NÚCLEO DA REDE UM GRITO PELA VIDA DE PORTO VELHO EM AÇÃO

No dia em que todo o território nacional se uniu para dizer NÃO à violência e exploração sexual de crianças e adolescentes, o núcleo de Porto Velho se articulou para uma ação de panfletagem- pit stop; foi escolhido algumas das avenidas mais significativas e movimentadas da cidade, nas horas de pico do transito, de manhã e ao entardecer. 
Destacamos como particularmente significativa a iniciativa de se fazer presente nos postos de gasolina da BR 364 nos municípios de Porto Velho e Candeias, onde foi encontrado com vários caminhoneiros que quotidianamente percorrem o País de norte ao Sul, e que podem estar envolvidos em situações de exploração sexual.
 Ir. Chiara Dusi pelo núcleo.


segunda-feira, 18 de maio de 2015

Rede Um Grito Pela Vida - Núcleo de Porto Alegre - RS.

AICAS, Instituto São Benedito, junto com a Rede Um Grito Pela Vida fazendo bonito! Ação conjunta, com diversas Entidades públicas, no Dia Nacional contra o abuso sexual de Crianças e Adolescentes. Na Esquina Democrática/ POA/RS

Rede de Enfrentamento ao tráfico de pessoas na Tríplice Fronteira - Peru - Colômbia - Brasil


A Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Tríplice Fronteira, Peru, Colômbia e Brasil, participaram  no dia 18 de maio uma grande caminhada  com  alunos das diversas escolas do município de Tabatinga e profissionais da Secretaria de Assistência Social, depois da caminhada o grupo da Rede colocou  cartazes nos comércios da Av da Amizade e foi distribuído folderes e materiais informativos.

No dia 19 será  dado continuidade as atividades de prevenção e informação junto a população  nos bairros que não foram atingidos, especialmente  na região do porto, local de grande fluxo de pessoas.
Izalene e Verônica, pela rede.

domingo, 17 de maio de 2015

Ação de Intervenção Social para Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes - Rede Um Grito Pela Vida/Manaus



A Rede Um Grito Pela Vida Regional Amazonas/Roraima, integra o Comitê Estadual De Enfrentamento a Violência e Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes. No dia 17 de maio participou da grande mobilização na Ponta Negra - Manaus, para dar visibilidade a este cruel crime e sensibilizar a sociedade para que denunciem e protejam as crianças e adolescentes.

Rede Um Grito Pela Vida/Paraíba se mobiliza para ações de enfrentamento ao tráfico de pessoas

Olha o Estado da  Paraíba  se organizando gente! É isso aí gente! Lutar e enfrentar este crime que viola os direitos fundamentais.


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), realizou reunião, nessa quarta-feira (13), com a Rede “Um Grito pela Vida” de enfrentamento ao tráfico de pessoas. O objetivo é implantar o Comitê Gestor Estadual de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas na Paraíba.

A reunião presidida pela secretária da Sedh, Aparecida Ramos, contou com a secretária Executiva da Mulher e da Diversidade Humano, Gilma Germano; o delegado geral adjunto, Isaías Gualberto; além da gerente de proteção Social especial da Sedh, Gabrielle Andrade; da coordenadora dos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), Madalena Dias e do professor da Universidade Federal da Paraíba, Sven Peterke.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Na luta contra a exploração sexual - Rede Um Grito Pela Vida/Roraima - AM

FAÇA BONITO!

Proteja nossas crianças e adolescentes

O Núcleo da Rede Um grito pela Vida de Manaus e a Equipe do IACAS – Instituto de Assistência a Criança e Adolescente santo Antônio, em parceria com varias organizações da sociedade civil que compõe a articulação – “Tecendo Redes”, Realizou hoje (15.05) a tarde a primeira atividade de sensibilização e formação sobre Violência e Exploração sexual de crianças e adolescentes, como parte da agenda de atividades em comemoração ao 18 de maio 2015 - dia nacional de combate à violência e exploração sexual de crianças e adolescentes.

A atividade aconteceu no Colégio Garcitylzon de L.E. Silva, Bairro Cidadão 10, de Manaus, com 250 alunos do 7º ao 9º ano do ensino fundamental. Foi uma tarde animada e rica. Através de músicas, vídeos informativos e conversas interativas, se evidenciou a gravidade do problema, a necessidade de um intenso trabalho de preventivo de informação. Lembrar á combater!
Esquecer é permitir!

Fez-se memória do sentido desta data, recordando o caso da menina Aracele Crespo” que foi vítima da exploração sexual e assassinada em Vitória no ES. Crime que comoveu o Brasil e provocou a mobilização da Sociedade Civil que após muitas lutas e reivindicações fez o Estado Brasileiro a instituir o dia 18 de maio, com esta finalidade.

Formas de violência e Exploração sexual

Foram abordadas as formas de abuso e exploração sexual: pedofilia, pornografia pela Internet, tráfico de pessoas. Acentuou-se a importância da Denuncia via o Conselho Tutelar e o disque 100. Os adolescentes participaram com perguntas demonstrando interesse e necessidade de informação sobre o problema.

A tarde, sem dúvida foi uma contribuição significativa no conjunto das muitas atividades que estão sendo realizada nos diversos municípios do Estado e do País nestes dias. Seguimos convictas de que só aluta conjunta envolvendo todos os grupos, instituições da sociedade civil e o poder publico será capaz enfrentar este crime e mudar esta prática considerada muitas vezes com natural no interior das famílias e comunidades. Urge modificar a escala de valores e o resgate do sentido de humanidade na vida das pessoas, principalmente das novas gerações, para que rompam com a continuidade desta prática perversa. Urge da mesma forma uma maior efetividade dos mecanismos de denuncia e responsabilização dos agressores e de proteção as crianças e adolescentes.
















Rede Um Grito Pela Vida/Roraima - Seminário Gênero e Sexualidades em Debate

O Núcleo da Rede Um Grito pela Vida de Manaus, AM, através das Irmãs Roselei Bertoldo, Eurides oliveira e Valmi Bohn, participou nos dias 11 e 12.04, do I seminário Gênero e Sexualidades em debate: Educação, religiosidades e Direitos Humanos. O Evento foi promovido pelo grupo de Estudos de Gênero, sexualidades e interseccionalidades da UFAM (Universidade Federal do Amazonas:, Contou com a participação do NIGS - núcleo de estudos de Gênero e sexualidades de Santa catarina e de várias lideranças, militantes das causas que envolvem a temática no Estado. A reflexão foi ampla, diversificada, densa e complexa, desafiando-nos ao aprofundamento e abertura aos novos paradigmas e realidades que envolvem os novos sujeitos, identidades, relações e direitos na sociedade contemporânea, no que tange as questões de Gênero, cidadania e direitos.

Rede Um Grito Pela Vida/Paraíba cobra instalação do Comitê de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas na Paraíba


Rede um Grito pela Vida - Núcleo de João Pessoa, Paraíba, realizou sua primeira missão em 2015. Estabeleceu como primeira meta para este ano, ir até o Estado para cobrar do mesmo a instalação do Comitê de enfrentamento ao Tráfico aqui na Paraíba. E dessa vez foi feito a articulação através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Humano, na pessoa da secretária Cida Ramos, mulher comprometida com as caudas sociais.

No último dia 13 de maio, foi realizado a segunda reunião com representantes de outras instituições, como Secretaria de Segurança, Núcleo de DH e Cidadania da UFPB, Secretaria da Mulher, Colégio Marista, e A Secretaria Estadual de Desenvolvimento, e a coordenadora do Núcleo de enfrentamento ao Tráfico de Pessoa do Estado de Pernambuco, Dª-Jeanne Aguiar, a mesma foi quem assessorou, trazendo a experiência de Pernambuco, tanto do Núcleo como do Comitê, como foram fundados e qual seu papel. Isso com o objetivo de ajudar na reflexão e fundação do mesmo, que segundo a secretária vamos nos organizar para que em 30 de julho a gente já possa oficializar esse comitê. Continuarei informando-as desse processo. O próximo encontro será dia 09 de junho.

Ir.Sirleide pela Rede Um Grito pela Vida