Mais notícias

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Oficina de prevenção ao Tráfico de Pessoas com refugiados e solicitantes de refúgio. Manaus

Na noite da segunda-feira, dia 21 de outubro, o Tráfico de Pessoas foi tema de oficina formativa com refugiados e solicitantes de refúgio no Brasil. O encontro realizado em Manaus foi assessorado pela Irmã Roselei Bertoldo, ICM e pela representante da Cáritas da Arquidiocese de Manaus, Andrea. As assessoras também integram a Rede Um Grito Pela Vida.

Segundo Irmã Roselei, o grupo relatou histórias de vida e exploração que são vividas nos diferentes países da América Latina: “Para mim foi uma rica experiência onde compartimos muitas histórias de vida que são comuns e vivenciadas em países diferentes”.





I CONFERÊNCIA ESTADUAL PARA O ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS DO ESTADO DO PARANÁ

Nos dias 7 e 8 de outubro passados, aconteceu em Foz do Iguaçu, a Primeira Conferência Estadual para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado do Paraná, promovido pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SEJU).  O evento foi organizado pelo Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, órgão vinculado a SEJU.
Esta primeira conferência que contou com o apoio do Ministério da Justiça, teve  a participação de vários representantes da sociedade civil e governamental, como por exemplo: Policia civil, Conselho Tutelar, Agentes de Pastoral da Igreja Católica, Representantes do Ministério da Justiça, Estudantes universitários, etc.  Estiveram presentes pela Rede Um Grito Pela Vida (Núcleo Curitiba) o Fr. Luiz Carlos Batista, Ir. Anyr Mezzomo e a Sra. Rosilei Bastos Pivovar, ademais de representantes da Arquidiocese de Curitiba, a Ir. Maria de Lourdes Soares Gomes (Ir. Lourdinha) pela Secretaria de Pastoral e Sra. Maria Inês da Costa pela Comissão da Dimensão Social.
Frei Luiz C. Batista, coordenador da Rede (Núcleo de Curitiba), durante o Painel formado por grupos que atuam nos diferentes campos de enfrentamento ao tráfico de pessoas, destacou o papel da Igreja Católica no Brasil a favor dos migrantes e das pessoas vítimas do tráfico, falou da próxima Campanha da Fraternidade de 2014, assim como da Rede Um Grito pela Vida, organismo da CRB Nacional que desenvolve várias ações pelo Brasil na prevenção, alerta, denúncia e apoio as vítimas do tráfico humano.
O Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Paraná tem apenas um ano de criação e ainda esta por serem constituídos um comitê e um plano de ação no enfrentamento ao tráfico de pessoas, que deverão começar a serem executados após este evento e que  poderá contar  com o apoio da sociedade civil, sendo que a Rede Um Grito Pela Vida pretende contribuir neste planejamento através da participação ativa de um dos seus membros.

Rede Um Grito Pela Vida (Núcleo Curitiba)


domingo, 20 de outubro de 2013

Porto Velho: Seminário sobre migrações, trabalho escravo e tráfico de pessoas

por ir. Gabriella Bottani

O dia 19 de outubro de 2013, no auditório da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), a Pastoral do Migrante promoveu um Seminário para discutir e aprofundar a realidade das migrações em Rondônia e violação de direitos.
Ir. Orila Travessini, coordenadora da Pastoral do Migrante e membro da Rede Um Grito pela Vida em Porto Velho, abriu o seminário.
Significativa foi a colocação sobre a história das migrações no Estado feita pelo bispo emérito Dom Antônio Possamai.
A Rede Um Grito pela Vida foi representada por ir. Gabriella Bottani, que foi convidada para falar de Tráfico de Pessoas e violação de direitos humanos.
Participaram do evento muitos estudantes, acadêmico e alguns religiosos.
A avaliação conclusiva feita pelos participantes foi muito boa. O seminário deixou o gosto de conhecer mais sobre os temas propostos.



sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O MJ apresenta o Relatório sobre tráfico de pessoas em fronteiras

Foi apresentado na tarde desta sexta-feira, 18, em Brasília (DF) o “Diagnóstico Sobre Tráfico de Pessoas nas Áreas de Fronteira no Brasil” (ENAFRON)

Link para ler a pesquisa na integra 

http://issuu.com/justicagovbr/docs/diagnostico_trafico_pessoas_frontei#/signin

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Seminário: Migrações, tráfico de pessoas e trabalho Escravo

A Pastoral do Migrante de Porto Velho em Parceria com a Rede Um Grito pela Vida, CPT, Arquidiocese de Porto Velho e UNIR organiza o Seminário: Migrações Tráfico de pessoas e Trabalho Escravo.
O Seminário será realizado no dia 19 de outubro de 2013 das 8h às 12h, na UNIR (Universidade Federal de Rondônia) Centro, Av. Presidente Dutra, 2965. Inscrições podem ser feitas por e-mail: SPM-travessini@hotmail.com ou pastoralpvh@gmail.com
Os participantes receberão um certificado expedido pela UNIR.



domingo, 6 de outubro de 2013

A Rede Um Grito Pela Vida, Regional Manaus/Roaima realiza encontro de formação sobre TP

Encontro de formação sobre Tráfico de Pessoas. 05.10.2013
Local: Faculdades Metropolitanas FAMETRO

A Rede Um Grito Pela Vida, Regional Manaus/Roaima realizou mais um encontro de formação com o tema tráfico de pessoas.
Tendo em vista a Campanha da Fraternidade Pe. Zenildo- Secretário executivo da CNBB Amazonas, trabalhou o a temática tendo um olhar teológico sobre está problemática e nosso compromisso enquanto cristãs e cristãos.

A Coordenadora do núcleo de prática jurídica da UEA Dra. Adriana Almeida, trabalhou aspectos da Legislação sobre Tráfico de Pessoas. E Dr. Renan Bernardi Kalil Procurador do Trabalho, Coordenadoria sobre Trabalho, trabalhou a temática do tráfico de pessoas para fins de trabalho escravo.
Foi um encontro muito produtivo, onde o grupo teve oportunidade e conhecer e aprofundar aspectos da legislação e a realidade do trabalho escravo, bem como se apropriar de elementos fundamentais para trabalhar na prevenção ao TP no Estado do Amazonas.
 









sábado, 5 de outubro de 2013

Rede Um Grito Pela Vida - Regional Belém realiza atividades no Dia Internacional de Enfrentamento ao TP.

Dia 23 de Setembro dia Internacional de Enfrentamento a Exploração Sexual e Tráfico de Pessoas.
A Rede Um Grito Regional Belém, realizou atividades de sensibilização e prevenção ao TP  na Praça do Operário próximo a Rodoviária de Belém.
Momento de Oração e Partilha.
Rezando pelas Vitimas do Tráfico de Pessoas, e pelo fortalecimento da Rede Um Grito pela Vida
Levando informação ao Público- Local-Rodoviária de Belém.
Irmã Josi e Irmã Rosa

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

São Paulo: Campanha contra o Tráfico de Pessoas na Praça da Sé

A Rede um Grito pela Vida, da Conferência dos Religiosos do Brasil, regional São Paulo (CRB-RS), em parceria com a Associação N. Sra. do Bom Par, celebrou o dia 23 de setembro – Dia Internacional Contra a Exploração Sexual e  Tráfico de Pessoas - com  programação no marco zero, na capital paulista. O ato chamou a atenção de populares para a causa do tráfico humano:  prevenção, denúncia e enfrentamento.

O evento foi realizado na Praça da Sé e contou com a participação de quase mil pessoas. Quem passou pelo local foi convidado a ‘mostrar seu grito contra o tráfico de pessoas’. Uma faixa com mais de quatro metros trouxe a pergunta: "Qual o seu grito contra o tráfico de pessoas?"

Quem passou pelo espaço e sentiu-se motivado, escreveu no painel, deixando sua mensagem e somando nesta importante luta.

Também foram exibidas outras cartazes e banners alertando sobre a rentabilidade e a realidade do trafico que tem como consequência a exploração sexual, trabalho escravo, adoção ilegal e a venda de órgãos.

“A repercussão  foi boa. Podemos dizer que foi um dia de informação e formação. Nós, da Rede, acreditamos que muitas pessoas foram informadas sobre o tráfico de pessoas e, após essa participação,  vão ter forças para assumirem gestos proféticos de denuncia. Basta de tráfico humano”

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Dia 23 de setembro em Porto Velho

No dia 23 de setembro a Rede Um Grito pela Vida panfletou folhetos informativos sobre o tráfico de pessoas, na zona Sul da Cidade. Participaram religiosas, religiosos, grupos da Pastoral da Juventude, representantes da Cáritas Arquidiocesana e agentes de pastoral das Paróquias de São José Operário e Santa Luzia. Contamos com a presença de pe. Jaime, coordenador de pastoral e de ir. Beth, presidente da CRB de Porto Velho. A Radio Caiarí deu cobertura total do evento. Foi uma tarde de festa, de encontro e sobretudo de formação e sensibilização sobre tráfico de pessoas na cidade de Porto Velho.